Diálogos com o maridón – parte 17

Estava lá, tranquila e serena, trabalhando até mais tarde no silêncio do escritório vazio, quando chega uma mensagem do maridón:

– Conselho Tutelar vem me prender.

Pausa dramática.

É uma piada?

É sério?

Um pássaro?

Um avião?

Semi-tensa pergunto o motivo e eis que a resposta chega em capítulos:











Porque algumas pessoas conseguem simplesmente mandar avisos via WhatsApp: “deu ruim, mas está tudo bem, já contornei”, “deixa comigo”, “traz pão quando vier”.

Outras preferem criar sua própria Fotonovela animada em plena terça-feira gelada.

E eu casei.

Feliz dia dos pais para vcs também 🙄

#maridónfacts

#contigorevival

#terceirofilhosósefode

#masadodocaestáótima

#nãochamemoconselhotutelarpufavô

Diálogos com o maridón – parte 16

Meninas pediram manga no café da manhã.

Maridón se levantou e foi cortar.

Cinco minutos depois, ele volta TENSO da cozinha, com a faca em uma das mãos, a fruta na outra e pergunta:

– Bo, manga tem caroço?

Sim, ele estava falando sério. Com uma faca na mão. Mas eu ri. AND tirei foto.

Chuck Noris, me liga.

Tenho umas dicas para vc 😉

#mangaessacaixinhadesurpresas

#lógicamasculina

#didáticaparaocromossomoY

#maseleéferanomarketinggente

Diálogos com o maridón – parte 15

Zumbizando após uma noite da-que-las, cheia de tosse, chiadeira e chororô. Maridón entra no banheiro e pergunta se está tudo bem.

Dou um suspiro e digo:

– Nossa, estou um bagaço hoje!

Resposta:

– Mas vc é um Bagaço Real. O BAGAÇÃO dos bagações.

BAGAÇÃO.

BA-GA-ÇÃO.

Aí eu pergunto a vc, minha amiga-irmã-caminhoneira: o que aconteceu com o bom – simples, indolor, eficaz – e velho “imagina, meu amor, vc está ótima!”?

Gregório, cadê vc para dar aquela força?

Deixa estar, jacaré, que a lagoa há de secar.

The north remembers. 😒

#donjuanfail

#lógicamasculina

#masnacabeçadeleficouÓTEMOgente

Diálogos com o maridón – o livro (catorze anos!)

Catorze anos juntos e ele ainda me surpreende.

Catorze anos juntos e ele ainda se preocupa em preparar os presentes mais fodásticos da galáxia.

Catorze anos juntos, rindo um do outro (mais dele do que de mim, é verdade).

Catorze anos juntos, dizendo sim.  Hoje, ainda e sempre.

Catorze anos de “Dialógos com o maridón” agora em um livro ilustrado, feito especialmente para nós.

Obrigada por ser tão incrível, lindão.

Te amo para sempre!

❤️

#catorzeanos

#bos

#ohana

#timtimparanós

Eu, você,  dois três filhas, treze gatos (chuinf 💔) e  um três cachorros (chuinf 💔)

Um edredom, um filme bom no frio de agosto….

E aí, cê topa?

img_2712

Para o meu amor – parte 3

Ele me deu os presentes mais lindos, incríveis e especiais da vida.

Não fosse o bastante, ainda virou vegetariano, aceita meus bichos, endossa minhas campanhas, me ajuda a organizar festas para as crianças abrigadas, participa dos meus resgates, aceitou cuidar de uma pomba nas últimas semanas e ainda me mima com comidinhas, agrados e gentilezas sem fim.

Ele abre portas, guarda a escada do sótão todos os dias de madrugada, faz mil viagens para descarregar o carro e sai correndo para comprar meu pão de mel, enquanto sua comida esfria.

Ele é tão foda, mas tão foda, que a palavra “companheiro” não serve, não define, não se aplica.

Ele é muito mais do que isso.

Ele é meu alicerce, minha força, minha essência.

Ele não é apenas a minha metade. Ele me multiplica.

Feliz aniversário, lindão.  Obrigada por ser tão único (Parece um ET! 😜 ).

Espero que o mundo sorria para vc, como vc sorri para mim.

Te amo para sempre.

“Não sei se eu saberia chegar até o final do dia sem vc…”

img_3675

Quero ficar no teu corpo feito tatuagem… – parte 2

Dizem por aí que vou sentir muita saudade desses tempos malucos.

Saudade da confusão para sair de casa, da bagunça nas refeições, das idas e vindas coletivas ao banheiro.

Saudade da rotina caótica na hora de dormir, com as três brigando para deitar pertinho de mim.

Saudade do aconchego, das mãozinhas gorduchas me segurando, do cheirinho doce das minhas meninas no meu travesseiro.

Saudade do colo, dos abraços e da “música do coração” sendo tocada ou cantada bem baixinho, em looping infinito, até que todas finalmente adormeçam.

Esse é meu momento preferido do dia.

É o momento que gostaria de congelar e guardar para sempre.

Quando for velhinha, gagá, sem lembrar nem mais o meu nome, quero ter algo que me devolva essa sensação de amor que não cabe no peito, a cada vez que olhar no espelho.

Quero que minhas meninas se recordem dessa música, desse sentimento, desse bem-querer, quando precisarem de colo e apoiarem as cabecinhas nos meus ombros.

Tudo, tudo, tudo é para elas e por elas.

Tudo, tudo, tudo veio de nós dois.

Nós dois, três vidas inteiras, juntos e misturados, nesse mundinho que é só nosso e agora mora para sempre em mim.

Obrigada, meus amores.

Nada teria graça sem vcs.

❤️

#cabemtrêsvidasinteiras

#músicadocoração

#trêsmarias

#bos

#7acheck!

Tatuagem 7

Entre aranhas, Disney e Playboy

Cena 1: Voluntária da ONG – vamos chamá-la de Paola – vai levar um gato para a casa nova.  Chegando lá, o adotante tem uma aranha chamada OHANA.  Paola fica toda animada, arregaça a manga e mostra sua tatuagem: “Ai, que fofoooooooooooooo!! Eu tenho Ohana tatuado aqui, óóóóóóóó!”.  Adotante sorri sem graça.  Paola não entende muito bem, mas continua feliz, no seu mundinho especial.

Cena 2: Paola chega em casa contando o fato curioso para o maridón, que responde, gargalhando: “Vc acha MESMO que o cara deu o nome para a ARANHA dele por causa de um filminho da Disney?? É por causa da Cláudia! Vc fez papel de doida!”.  Paola fica desconfiada de que talvez, quem sabe, o cara esteja pensando que ela é uma big, big fan de Vamp, mas contesta, indignada: “imaginaaaaaaaaaaaa!!”.

Cena 3: Paola é brasileira, não desiste nunca e resolve confirmar seu papel de ridícula:

Sim, a aranha era por causa da Cláudia.

Sim, Paola fez papel de doida.

Sim, o adotante riu de mim da Paola.

Mas o pior de tudo meeeeeeeessssssmoooooooooo não é o papelão.

O que dói de verdade é admitir que o maridón tinha razão.

Se vcs não contarem, eu não conto também.

Obrigada. De nada.

#forçapaola

#premiadafeelings

#rockdasaranhas