Diálogos com o maridón – parte 8

Sei que postei um episódio dos “Diálogos com o Maridón” essa semana, mas a verdade é que tenho vários pendentes e resolvi desovar alguns, já que esse é um material que sempre se renova na minha casa.

Outro dia foi aniversário do maridón e eu não sabia o que comprar de presente.

Depois de doze anos juntos e sete casados, não há criatividade que chegue, esgotei todo o meu repertório.

Pensei, pensei, pensei e desisti. Resolvi apelar direto para a fonte:

Eu: – Bo, o que vc quer de presente esse ano? Roupas? Viagem? Perfume? Eletrônicos? Uma noite inteira de sono?

Maridón: – Hummmm… tem uma coisa que eu quero faz um tempão, posso pedir?

Eu: – Pode, vai… O que é?

Maridón: – RASPA MINHAS COSTAS, por favor?

Fuén, fuén, fuén…

E eu pensando que uma pessoa xis ME telefonar, no dia do MEU casamento, para pedir carona até a cerimônia tinha sido a pior proposta indecente da minha vida. Tolinha.

Certas coisas só o casamento faz por vc.

#lógicamasculina

#donjuanfail

#quedeselegante

Diálogos com o maridón – parte 7

Estava feliz e contente em uma festa, quando uma pessoa xis me abordou e disse que eu morreria em 2017. Assim, do nada, sem introdução, nem preparação psicológica (certeza que esse tipo de coisa só acontece comigo. CER-TE-ZA).

Daí que hoje cedo eu e o maridón estávamos combinando nossos roteiros de viagem para os próximos anos, já que sonhar não paga imposto, e lembramos da nossa promessa de repetir a lua de mel, quando fizéssemos dez anos de casados:

Maridón: – Que tal o calendário: 2015 Itália, 2016 Holanda, 2017 França?

Eu: – 2017 França? Será que eu vou morrer em Paris? Imagina que luxo??

Maridón: Hahaha! Não sendo no avião, ESTÁ ÓTIMO!

ESTÁ ÓTIMO, minha gente, ESTÁ ÓTIMO.

Ou seja, não morrendo COM ELE no avião, está bonito, está beleza, ES-TÁ Ó-TI-MO.

Ficar viúvo, tranquilo, só não vale cair o avião e morrer junto também.

Acho que, só de raiva, vou morrer mesmo e deixar dezessete filhos para ele criar sozinho. Oh, wait…

#fuénfuénfuén

#putafaltadesacanagemfeelings

#lógicamasculina

#donjuanfail

Update: Para ninguém dizer que estou mentindo ou exagerando, está aqui a prova do crime:

Bo está ótimo

Diálogos com o maridón – parte 6

As meninas estão doentes e passamos a TERCEIRA noite seguida em claro, cada um cuidando de uma.

Sete da manhã, a Pi finalmente dormiu, maridón foi fazer inalação na Lily e eu levantei para dar mamadeira para a Shae, usando um modelito exclusivo, o moletom do colégio onde estudei há dezesseis anos (cof, cof, cof), bem macio e velhinho, porque ninguém é de ferro nesse clima polar.

Maridón me seguiu até o banheiro, parou atrás de mim no espelho e soltou:

– Engraçado, né? Quando começamos a namorar, vc não quis usar moletom velho na fazenda, para não perder a magia do dia a dia. Agora está aqui, toda DESGRENHADA, sem nenhuma cerimônia e tudo bem. Deve ser amor, né?

Desgrenhada. DES-GRE-NHA-DA.

Ok, eu já deveria estar acostumada, o histórico de elogios dele não é lá muito favorável, mas olha… nem sei o que dizer.

Após uma noite difícil, nada como começar o dia com uma declaração de amor.  Só que ao contrário.

Se eu matar, alguém me defende?

Fuén, fuén, fuén.

#lógicamarculina

#tiropelaculatra

#donjuanfail

Update: Maridón leu o post e protestou: “A palavra foi ESCANGALHADA, não desgrenhada”.  Ah, tá. Alguém telefona para ele e dá um toque, por favor? Tipo, “não mexe, que está piorando”? Obrigada.

Diálogos com o maridón – parte 5

Estava bem no comecinho da gravidez da Pi, poucas semanas, na fase em que ainda não se conta para ninguém, com medo de que as coisas dêem errado.

Fomos a um aniversário com a família toda, eu com cólicas, daquelas chatinhas que dão no início, tentando disfarçar.

Eis que me levantei, senti uma pontada e, instintivamente, coloquei a mão na barriga.  Minha tia, preocupada, perguntou para o maridón:

– O que a Paula tem?

Ele poderia ter dito “cólica”, “indisposição” ou até um simples “não sei, vou verificar”, mas não, soltou, em alto e bom som, no meio de todo mundo:

– Prisão de ventre, tia!

PRISÃO.DE.VENTRE.

Essa foi a melhor resposta na qual ele conseguiu pensar.  Deixar as pessoas achando que, ao invés de gerar um filho, o milagre da vida, etc e tal, eu estava cultivando um monte de cocô.

Digno, bacana, cúmplice e companheiro. Só que não.

Com um marido brother desses, quem precisa de inimigos?

#diaderainhafeelings

#túneldotempo

#passandovergonhadesde2002

Diálogos com o maridón – parte 4

Eu: “Coloca um ovinho para cozinhar para a Pi, enquanto eu tomo banho, por favor?”

Marido: “Qual ovo? De codorna?”

Eu: “Não, o normal”

Marido, esquecendo que mora aqui há seis anos: “Onde fica?”

Eu: “Na geladeira”

Marido: “Onde na geladeira?”

Eu: “Na última prateleira”

Marido: “Achei! E agora, como eu faço?”

Eu: “Ferve água e, depois que estiver fervendo, deixa o ovo cozinhar por 15 minutos”.

Marido: “Tiro a casca?”

Eu: “Não, coloca na panela com casca e tudo”

Marido: “Ok”

Após meia hora, saio do banho e pergunto: “A Pi comeu?”

Marido: “Ainda não, me atrapalhei com o ovo”

Eu: “CO-MO????”

Entro na cozinha e me deparo com uma cena de guerra, a leiteira (????) toda melecada, fogão sujo e ovo para todo lado, misturado com água.

Eu: “O que aconteceu aqui?”

Marido: “Os ovos estouraram quando eu os JOGUEI na panela, mas consegui pescar uma parte e reaproveitar”.

Quem acha melhor pedir para a Pi fazer o próprio ovo da próxima vez levanta a mão! o/

#asagadoovo

#didáticaparacromossomoY

#lógicamasculina

Diálogos com o maridón – parte 3

Zapeando, naquele bode básico pós jantar, quando a Maria Maya aparece, toda repaginada e bonitona na TV.

Eu: – Nossa, ela era tão feinha, como ficou bonita!

Marido: – Afe… Lógico que não, ela continua bem feia!

Eu: – Olha que corpão! Ela é bonita sim! Mais bonita que a média das mulheres por aí! Bem mais bonita do que eu, por exemplo!

Maridón, ganhando o direito de dormir no sofá, por tempo indeterminado: – Imagina, claro que não! Não dá nem para comparar! Ela é MUITO MAIS FEIA do que vc!

Vou chorar ali no cantinho e já volto.

#lógicamasculina

#donjuanfail

#tiropelaculatra

Diálogos com o maridón

Para quebrar o clima de tristeza, que ainda está forte por aqui… 😥

Maridón: – Vi um chapéu de cowboy, vc quer?

Eu: – Não! (???) Em que contexto eu usaria isso?

Maridón: – Nenhum. Só pensei que vc fosse gostar, já que vc gosta de música sertaneja.

Eu: – Hummmmm… Quer um kit de maquiagem? Não?? Mas vc adora Kiss!

#didáticaparacromossomoY

#lógicamasculina

#wth