Sobre

Grávida, mãe, esposa, advogada, são paulina, protetora de animais e vegetariana. Tudo ao mesmo tempo agora.

5 pensamentos sobre “Sobre

  1. Oi, Paula!!
    Há mais de um ano acompanho seu blog, mas nunca comento =/
    Suas filhas são lindas, seus bichinhos são incríveis e vc é uma inspiração!
    Tenho uma baby de 6 meses e 3 gatinhas (de 1 a 2 anos) e a baby é DOIDA pelas felinas. Ensandecida por elas. Mas elas sempre fogem porque ela quer pegar e belisca. Eu ensino que tem que fazer carinho, mas acho que ela é muito novinha ainda. Tem alguma tática? Queria que fossem amigas, mas as gatas tem um certo pânico dela… rs. Só ficam perto e cheiram e lambem quando está dormindo, hehe.
    Beijos!
    Anabelly

    • Puxa, Anabelly! Obrigada! Entrei para ler os comentários atrasados no blog (shame on me!) e fiquei muito feliz ao ler o seu!
      Adoro saber quem são as pessoas do outro lado da tela, o que elas pensam, por que passam por aqui…. Seja bem-vinda, sempre, viu?
      Quanto às gatinhas e a bebê, minha dica é paciência e repetição. Precisamos falar milhares de vezes “bater/puxar/empurrar/xis não, só carinho!” até que uma hora elas entendem e aí é tanto amor, que até dói! Pode confiar!
      Beijo grande!

  2. Paula, os teus posts são demais!! Lindos e emocionantes!! Obrigada por compartilhar de uma maneira tão bonita e tão bem escrita. Sei bem o quanto é duro se despedir dos nossos queridos, passei por isso várias vezes e sempre fiz questão de estar junto e segurar no colo. Ainda bem que podemos decidir quando não é mais hora de eles sofrerem e acabar com isso de uma forma digna. Bj

    • Muito obrigada, Mayena!
      Também fiz questão de ficar ao lado das minhas meninas até o último minuto. Tão difícil, né? Mas elas mereciam partir sabendo que eram muito amadas.
      Sua mensagem deixou minha semana cinza um pouquinho mais colorida 🙂
      Beijos!

  3. Oi Paula!

    Estudei na ESPM com o seu marido Renato (ou Cazé?) e a sua irmã Marcinha (aliás, morro de saudade dela!). Não te conheço pessoalmente, mas acompanho seu blog há meses e nunca me manifestei. Tenho uma bebê de 15 meses e AMO acompanhar as estripulias da rotina da sua casa. Você escreve super bem e é muito ilustrativa nos seus comentários. Impossível não se emocionar! Já reduzi (e muito) o consumo de carne aqui em casa, e acabo de fazer minha doação para o Abrigo Saint Germain (viu? Sua corrente do bem funciona! :-)) Estou com o coração na mão por causa da Dorinha e rezo todos os dias para ela voltar pra casa logo. Continue mandando notícias pelo blog!

    Beijos, Camila.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s