Não passarão!

Tudo que eu espero é que as três nunca entendam nem aceitem a existência do RACISMO, já que somos todos iguais.

Que as três nunca entendam nem aceitem a existência do FASCISMO, já que somos todos iguais.

Que as três nunca entendam nem aceitem a existência do MACHISMO, já que somos todos iguais.

Que as três nunca entendam nem aceitem a existência do EUGENISMO, já que somos todos iguais.

Que as três nunca entendam nem aceitem a existência da HOMOFOBIA, já que somos todos iguais.

Que as três nunca entendam nem aceitem a CRUELDADE CONTRA OS ANIMAIS, já que somos todos iguais.

E que eu tenha sempre coragem, sabedoria e forças para REPETIR À EXAUSTÃO, todos os dias, até ensinar para as três, que AS OPORTUNIDADES, INFELIZMENTE, NÃO SÃO AS MESMAS. MAS SIM, SOMOS TODOS IGUAIS.

Amém 🙏🏻🙌🏻❤️

#nãopassarão

#trêsmarias

#cabemtrêsvidasinteiras

#sementinhas

#queelassejammelhoresdoquenós

Ninhada

“Hoje cada uma na sua cama, sem choro, nem vela, nem fita amarela!”

Corta a cena.

5 da manhã e estamos como? Acordadas, com chave de pernas, “abraça direito, mamãe”, “não solta a mão” e uma sempre chorando porque não consegue ficar grudada.

Amor que às vezes sufoca, mas também que preenche e transborda todos os dias.

Conforto é para os fracos, confinamento para os fortes e a maternidade…. a maternidade, amigos, é ir para o paredão com o Babu e ganhar o prêmio na final.

Bom dia para quem dorme, flores do dia! ☀️

❤️👩🏻👧🏼👧🏼👧🏼❤️

#cabemtrêsvidasinteiras

#myprecious

#trêsmarias

#youwillneverwalkalone

A quarentena que fica…

Encontrei essa foto no tablet da Pi e ia fazer um story sobre meus dotes artísticos impressionantes (👌🏻🙄🤦🏻‍♀️), demonstrados na aula de Responsabilidade Social, depois da saga da flauta doce relatada nas redes sociais.

Só que acabei pega de surpresa. Pelo olhar dela. Pelo amor. Pelo desenho de nós com as mãos dadas, cercadas por corações.

Alguns dias são mais difíceis do que os outros. Termino assim: exausta, descabelada, sem tirar o pijama e com o esmalte todo descascado.

Mas ao olhar para fotos como essa, me lembro de que o cansaço, a quarentena, o caos, todos eles passarão. E nós… nós sempre, sempre, sempre passarinho… juntas.

❤️👩🏻👧🏼👧🏼👧🏼❤️

#vaipassar

#cabemtrêsvidasinteiras

#trêsmarias

#myprecious

#youwillneverwalkalone

Feliz aniversário, Cecília! – parte 6

Ela é sensível e doce, de um jeito tão singular, que comove até quem não a conhece direito.

É engraçada, elétrica, está sempre fazendo graça, macaquices e dancinhas malucas. Assiste à TV de ponta cabeça ou dando cambalhotas e pulinhos, incapaz de ficar quieta.

Ao mesmo tempo, é insegura ao extremo, tem medo de ficar sozinha e busca a aprovação da Pi a cada passo, inclusive para pegar um mísero copo de água.

Quando é contrariada, explode, berra, chora. Em seguida esquece, como se nada tivesse acontecido. Em exatos dois segundos. Não sabe o que é guardar mágoas ou rancor.

Para ela não basta estar perto, precisa ser grudada, no colo, de mãos dadas e ainda dando beijos e abraços consecutivos, como se o mundo fosse acabar. Tudo que ela quer é um espacinho em meio ao caos diário de uma família com três.

Por isso, é a primeira a comer, escovar os dentes, tomar banho e dormir. Faz o que pode para ajudar, sempre sorrindo. E nunca, nunca, nunca dorme sem dizer que me ama mais que tuuuuudooooo no mundo.

É tão, mas tão carinhosa, que faz meu coração transbordar.

Ela é, de longe, a que demanda mais atenção. Fica me seguindo pela casa, espera na porta, chama o tempo todo. Se puder, deita na minha cabeça.

É de uma generosidade ímpar. Altruísta que só, divide tudo, o tempo todo, sem o menor ressentimento.

O pedido dela para o Papai Noel foi saúde, amor e que ninguém da família morra. Nenhum brinquedo, nenhuma roupa, nenhum mimo.

Aprendo todos os dias com ela a ser melhor, mais humana, menos egoísta. A realmente enxergar os outros, com os olhos e o coração.

Ela também me ensinou que o complexo de filhos do meio não é lenda. Infelizmente, eles são sim preteridos vez ou outra.

Hoje, por exemplo, é o seu aniversário e, em vez de um programa especial, estamos passando o dia no hospital com a irmã. Ela merecia mais, eu sei.

Talvez por esse motivo seja tão dedicada e se esforce TANTO para agradar (e também grite muito, na tentativa de ser ouvida 🙄). Mas, no final, ela sempre entende e cede.

Ela é uma moleca, quer ser aventureira quando crescer. Ama animais exóticos, história, geografia, curiosidades do mundo natural.

Não tem a menor paciência para roupas, esmaltes, maquiagem, pentear o cabelo (só perfume!). Fala que preferiria ser menino, porque é muito mais divertido.

E eu respondo que ela pode ser o que quiser, como quiser, quando quiser, pois eu SEMPRE vou estar aqui. Come what may, no matter what.

Feliz aniversário, Liló, minha pimentinha rosa.

Obrigada por ser meu presente e me ensinar que amor não se enquadra. Ele deve ser cultivado e demonstrado em todas as ocasiões, no cotidiano, nas mínimas coisas, com pequenos grandes gestos. E que aí transborda, inunda, preenche, alegra e engrandece. Assim como vc.

Te amo tanto, que nem cabe ❤️

Beijos

Mamãe

#ratonildabirobiro

#isin’tshelovely

#birthdaygirl

E houve boatos de que eu estava na pior…

Fucking 4 horas da manhã.

Filha 3 em um entra e sai do hospital, péssima com problemas respiratórios e febrão (level hard).

Filha 1 começa a vomitar Godzilla style.

Filha 2 começa a chorar porque teve pesadelo.

Limpando, dando banho, atordoada, tentando entender o cenário.

Filha 1 chora de dor.

Filha 3 começa a gritar, me chamando desesperada, no meio do banho da irmã.

Corro até o quarto (febrão de 40 graus, dá medo de convulsionar, né?) e ela:

“Mamãe, não é que sou EUUUUU que estou doente?????? Vc está ESQUECENDO disso e cuidando da Pilar!!”.

Filha 2 ainda emenda: “e demorando (DEMORANDO. D-E-M-O-R-A-N-D-O 👌🏻) para vir tocar a música do coração!”.

Fritas acompanham, lindas?

Agora estão TODAS na minha cama, trocando vírus e brigando por colo.

Mencionei que são 4 da manhã?

Usem camisinha, pessoal.

Quem avisa, amigo é.

Depois não digam que não contei.

Era só isso mesmo.

De nada.

#maternidadereal

#cabemtrêsvidasinteiras

#inclusivanacama

#sópararepetirIGNOREMOFILTROSOLAR

#foquemmesmonacamisinha

#denada

#spoileraleeeeeeeeert

Update relevante para quem acha que acabou e contextualização da saga “mãe é mãe”, em três etapas 🙄👌🏻:

FIM.

Feliz aniversário, Dodoca! – parte 4

Ela gosta de dormir mexendo no meu cabelo. Tomar café da manhã de mãos dadas.

Ver televisão no meu colo.

Começa todas as frases com “Mamãe? Sabe…”, naquela voz rouca de tenora.

E me leva no bico de um jeito que dá até vergonha.

Ela solta “te amos”, “vc é a mamãe ‘mais, mais, mais melhor’ do mundoooooooo!!”, “vc mora grandão no meu coração” aleatórios, ao longo do dia.

E me dá beijos estalados e abraços bem apertados. “De urso!”.

Nossa simbiose. Tão única. Tão nossa.

Mas também só faz o que quer.

Praticamente a criadora da expressão “cagando e andando”. Não tem tempo ruim, não tem essa de agradar ninguém. Se não quer, não tem quem desempaque.

Escolhe as próprias roupas com as combinações mais estapafúrdias, me olha e ainda pergunta: “não estou muito linda??” 🙄🤦🏻‍♀️😂👌🏻

Ela tem o sorriso fácil e sabe fazer muito bom uso dele. Charmosa que só.

Também tem as bochechas mais deliciosas desse Brasil varonil.

Uma injustiça comigo.

Tudo que consigo fazer é falar “vou te jogar no lixo!”, para, em seguida, esmagá-la e segurá-la tão apertado, na esperança de que caiba para sempre assim, no espaço do meu colo.

Hoje faz quatro anos que ela me faz de gato e sapato.

E eu ainda termino todos os dias agradecendo por isso.

Feliz aniversário, minha Dodoka vidaloka, meu grudinho, meu terceiro presente.

Obrigada por virar minha vida do avesso desde os tempos da barriga.

Eu SEMPRE, sempre, sempre vou estar aqui, quando seus sonhos forem ruins, esperando de braços abertos minha Menina tão Maluquinha.

Te amo infinito. E além. E além. E além… ❤️

#rainhadofrevoedomaracatu

#dodokavidaloka

#birthdaygirl

Para um menino lindo, com amor

Hoje é o dia dele.

O primeiro que não passaremos juntos em muitos e muitos anos.

Mas isso não muda as quase duas décadas de amor incondicional.

Ex-casa não é mais casa. Ex-trabalho não é mais trabalho. Ex-amigo não é mais amigo. Eles simplesmente deixam de existir em nossas vidas.

Ex-marido não. Ele permanece ali, criando os filhos com vc.

O amor não morre, ele só se transforma.

As histórias, os dias divididos, as lembranças, o que foi construído junto não termina com o casamento. Fica tudo bem guardado, com todo carinho do mundo, no fundo do coração.

Cada coisinha, cada detalhe, cada confidência, cada gargalhada. As manias não desaparecem, os gostos peculiares sabidos de cor e salteado persistem, as piadas internas ainda têm graça. Tudo intocado. Duas pessoas que se conhecem até de ponta cabeça, mesmo a distância.

Olhar para trás e ver que as mágoas e ressentimentos ficaram pequenininhos perto do que foi vivido é um verdadeiro presente.

Ele foi um presente.

E eu nunca, nunca, NUNCA escolheria uma vida sem tê-lo ao meu lado.

Deu certo sim, o saldo é mais do que positivo.

A história foi (e ainda é) feliz.

Não existe comercial de margarina na vida real, mas existe parceria, cumplicidade e companheirismo eternos. Quer privilégio maior?

O tempo flui, o turbilhão acaba, a caravana passa, a vida segue. Mas o amor continua ali. Sem fim.

Feliz aniversário, lindão!

Tudo, tudo, tudo de melhor que existe no universo e região galática ainda é pouco.

Espero que a vida seja doce e generosa com vc, como vc é com o mundo.

Que nossas três Marias tenham orgulho e o admirem, assim como eu.

Que vc seja estupidamente feliz.

E, como o vinho, cada ano melhor.

Tim tim para nós!

Mtão! (desde sempre, para sempre)

 

(Longe, mas juntos. Sempre, sempre, sempre. De mãos dadas, criando três meninas lindas, com uma flor ❤️)