Lolita, a periquita, prazer!

Quando tudo está perdido entre trabalho, casa, marido, voluntariado, 3 filhas, 12 gatos e 3 cachorros se faz o que?

Funda-se uma ONG (novidades quentinhas – entre reuniões, estatuto, ata e site – saindo do forno em breve, prometo!) e resgata-se uma ave, CLA-RO.

Lola foi encontrada por uma amiga, caída em plena Avenida Paulista.

Tentamos soltá-la, sem sucesso.

O veterinário disse que está ótima, nada quebrado, nada machucado, tudo perfeito.

Só que Lolita é uma periquita bebéia ainda, saindo do ninho, aprendendo a voar e, portanto, presa fácil para os gaviões e gatões que vivem soltos por aí (qualquer trocadilho ou duplo sentido é mera coincidência, não desabafo na terapia de uma pobre #mãedetrês).

Lola precisa basicamente de gotinhas de glicose, comida gostosa, água fresca e um cantinho seguro pelas próximas semanas, até aprender a voar.

Trocando em miúdos, é isso mesmo que vcs estão pensando: virei mãe de periquita pelo próximo mês.

Porque acúmulo de funções pouco é bobagem.  E eu não vim para essa vida a passeio.

Oremos.

#voalolavoa

#resgatedodia

#correntedobem

 “O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s