Voo livre

E, então, Pablo voou.

No tempo dele, do jeito dele, quando quis.

Aquela pombinha frágil e debilitada, sem forças para bater asas não existe mais.

Após um mês de cuidados, comidinha boa, remédios e tratamentos, Pablo se recuperou, ficou forte, foi embora.

Ele não estava pronto há duas semanas, quando tentamos soltá-lo pela primeira vez.

Agora estava. Voou alto, decidido, sem olhar para trás, mostrando que tudo na vida tem seu tempo.  O dele só não tinha chegado ainda.

Não vou mentir que deu um aperto no coração deixá-lo ir.

Difícil dizer adeus.

Mas filhos a gente cria para o mundo.  Não seria justo deixá-lo a vida inteira preso.  Gaiola não é lar.

Pablo voou para longe, deixando a certeza de que fizemos o que era certo.

Sim, ele é só mais um.  Porém, para ele nós fizemos a diferença.

E isso, por si só, já fez tudo valer a pena.

Vai ser feliz, Pablito.

Voa alto.

Até qualquer dia.

❤️

Tudo vale a pena, se a alma não é pequena“.

#GOpatrón

#voapombinharosa

#liberdadeliberdade

#correntedobem

3 pensamentos sobre “Voo livre

  1. Pingback: Na saúde e na doença  | PAULAtinamente

  2. Pingback: Parabéns para mim! :) | PAULAtinamente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s