Porcaria

Aparentemente o tema da semana é gatos. E não pelos motivos que eu gostaria.

Petisco-Porcaria foi resgatado do motor de um carro, na gravidez da Pi, quando eu estava a caminho do hospital, em uma crise terrível de sinusite.

Ele logo foi adotado, mas não deu certo, acabou voltando para a minha casa. Parou de comer de um dia para o outro, emagreceu um monte, ficou pele e osso, não levantava, não brincava, estava completamente largado.

Foram quatro meses de luta diária, dando papinha com seringa de duas em duas horas e acordando sem fôlego, com medo dele ter virado estrelinha durante a madrugada.

Os resultados dos exames indicavam PIF, a pior doença que um gatinho poderia ter. Apesar de incurável e fatal, o estado clínico do Porcaria foi melhorando e ele se estabilizou. Quem olhasse seu hemograma jamais diria que pertencia àquele bebezico serelepe, que me recebia piando todos os dias na porta.

Coisas cotidianas, como vacinas ou um simples resfriado, sempre foram delicadas e exigiam um cuidado especial, mas, fora isso, Porcaria teve vida normal nos últimos dois anos.

Até que ontem o meu mundo caiu de novo. Comecei a encontrar vômitos pela casa, resolvi fazer um check up e descobri que ele está todo descompensado. O e-mail da veterinária foi alarmante: “estou preocupada, Paula”.

Quando se escolhe adotar um bichinho doente, esse tipo de acontecimento não deveria ser surpresa, faz parte do jogo. Parece até incoerente dizer que eu não estava preparada. Contudo, a verdade é que não estava mesmo.

Não estou pronta para perder meu bebezico e o pânico está me deixando irracional. Chorei no trânsito, no trabalho, no banheiro. Estou negociando com Deus, fazendo promessas, esperando uma dádiva acontecer, me sentindo um lixo, com o coração apertado.

Por isso resolvi apelar e vim aqui pedir torcida, energias positivas, reza brava, o que for.

Alguém na escuta com palavras de consolo? Apoio moral? Um milagre no bolso?

Gratifica-se bem, obrigada.

20140913-030603-11163143.jpg

10 pensamentos sobre “Porcaria

  1. Paula, minha querida, te admiro e reconheço de longe sua alma boa. Imagino a sua dor enquanto rezo pelo porcaria, ele já é meu ídolo. Parabéns por tudo o que vc faz pelos animais, principalmente pelos cats, meu Deus como Vc é benévola. Sou sua fã. Que ele fique bom logo e continue te abençoando e a todos da sua família. Sou grata só de ler suas mensagens.Beijo grande.💔💓💟

    Enviado por Samsung Mobile

  2. Oi Paula, certeza que o Porcaria é super grato por cada noite mal dormida, cada seringa de ração e cada agulhadinha para um novo exame realizado. Temos sempre que ter fé sim, pedindo ao nosso pai maior que cubra nossos amados humanos, gatinhos e doguinhos, entre tanto outros, com todo seu amor! Estou torcendo por vocês! Beijo grande guerreira!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s