Corujices curtinhas

Besteirinhas cotidianas, para aliviar o clima tão triste e difícil dessa semana:

Ganhei uma bela intoxicação alimentar de presente de aniversário.

Estava jogada na cama, moribunda, depois de encarnar a exorcista e não deixar pedra sobre pedra no meu carro (puro glamour, só que não, eu sei).

A Pi veio me abraçar, me deu um beijo, colocou a mãozinha no meu peito e falou:

– Tenti, mamãe!

Peguei o termômetro e bingo, estava mesmo com febre, nem tinha percebido.

Talento para veterinária mode ON 🙂

#economiafeelings

——-

– Filha, quando vc quiser alguma coisa, não precisa chorar, é só pedir e falar “por favor” no final, entendeu?

Ela me olhou, sorriu e soltou:

– Mamai, mai tuto, pupabô-nu-fial?

#literalidades

——-

Ela não pode encontrar papéis soltos pela casa, que leva correndo para a lixeira de recicláveis e fala:

– Ponto! Pi ajuda mamãe!

#minisersustentável

——-

Pi não entende a diferença entre “tó” e “dá”.

Quando quer alguma coisa, estica os bracinhos e pede:

– Tó, mamai! Tó, mamai!

——-

Fui entregar um gato para os novos adotantes. A Pi viu a caixa de transportes, começou a gritar, bater palminhas, pular pela sala e falar:

– Ga-tô! Ga-tô! Da Pi! Da Pi!

#alokinha

#felícia

——-

Lily chorando na cozinha e eu escutando da sala:

– Não, chola, Lily, não chola. Tó a pepe.

E fez-se o silêncio ♥

#amormaior

#irmãs

#ohana

“My universe will never be the same.
I’m glad you came.
I’m glad you came…”

DQ6A8713

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s