Farofa-fa

Semana passada, Farofa-fa (história aqui, aqui e aqui) completou dois meses em casa.

A boa notícia é que ela melhorou MUITO com o tratamento homeopático.  Claro que continua bastante desconfiada, não se deixa tocar, ainda tem medo de tudo e de todos.

Mas, ela já reconhece seu novo nome, nos recebe na porta (para fugir correndo em seguida), circula pela casa e deita no sofá, quando não tem ninguém por perto (os pelos esquecidos por ali sempre a denunciam).

A parte chata é que, durante esse período, descobrimos que ela (i) tem cerca de dez anos; (ii) está com os rins e fígado alterados; (iii) é muda ou tem algum problema nas cordas vocais; (iv) precisará de cirurgia para tirar seus pouquíssimos dentes, que estão podres; (v) pode ter ativado o vírus da FIV; e (vi) tem alguns carocinhos espalhados pelo corpo, provavelmente causados por tiros de chumbinho.

Gostaria de poder dizer aqui que o pior já passou, que ela superou o trauma e agora é feliz conosco, porém sei que ainda temos muito chão pela frente.

Ainda bem que não temos pressa e, pelos flagras dos últimos dias, parece que nem vamos precisar.

Farofa-fa arrematou meu coração vagabundo sem dó nem piedade, com seu olhar tristonho, seu “miadinho mudo”, sua história comovente e sua coragem de recomeçar, apesar de tudo.

Está ai a prova de que amor com amor se paga. E vale mesmo cada centavo.

#correntedobem

#perdeuplayboy

#farofa-fa

Imagem

6 pensamentos sobre “Farofa-fa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s