Para a Cecília

Vc ainda nem nasceu e já é tão privilegiada, filha.  O que não faltam são pessoas dispostas a mimá-la.  Muitos tios, avós, primos, amigos e gente querida ao nosso redor, além da irmã mais linda do mundo e dos pais mais apaixonados por vcs duas.

Porém, hoje queria apresentar quem mora na nossa casa, para vc ir conhecendo as vozes que tem escutado nos últimos meses.  Já aviso que somos muitos.  Todos indispensáveis.

Esses somos nós, papai e mamãe.  Papai era o melhor amigo da tia Má, começamos a namorar na época da faculdade e estamos juntos até hoje, onze anos depois.  Passamos por momentos bacanas, outros nem tanto, mas no final das contas, nada como dormir e acordar ao lado de quem se ama, para ser realmente feliz.  Espero que um dia vc saiba o que é isso.

Imagem

Essa é a Pilar, sua irmã mais velha.  Crescer com uma irmã com idade tão próxima da sua é um verdadeiro presente, filha.  Vcs vão brigar muito, tenho certeza.  Ao mesmo tempo, serão também melhores amigas e dividirão tudo: a família, o quarto, o guarda-roupa, a vida, os sonhos e os planos para o futuro.

Imagem

Esses são nossos cachorros, também conhecidos como “bebês” (ok, a mamãe consegue ser bem ridícula às vezes, eu sei).  A Pre, na verdade, não é nossa, mas como vive aqui em casa, já está incorporada à família.  Se tem uma coisa que vc precisa saber sobre nós, filha, é que aqui sempre cabe mais um.  Amor nunca exclui, só se multiplica.

Imagem

Eles fazem muita, mas muita bagunça mesmo.  Sujam tudo, uivam durante a noite, não aprendem nada do que ensinamos.  Contudo, nós os amamos loucamente ainda assim.  Porque quem ama não se importa com detalhes, abraça não só as qualidades, como os defeitos também.  Amar incondicionalmente é para poucos, filha, e eu espero que vc aprenda isso quando crescer.

Além deles, temos dez gatos (sem contar a Jojo, que era a odalisca preferida do papai e virou estrelinha, enquanto vc ainda estava na barriga da mamãe).  Todos eles têm histórico de abandono e/ou maus tratos, alguns são doentes, com problemas crônicos de saúde, mas nada disso impede que sejam muito, muito amados.

Imagem

Imagem

Com exceção do Panqueca, todos foram recolhidos da rua e adotados.  Muitos chegaram em casa em uma situação tão lastimável, que nem vale a pena descrever, mas todos superaram seus problemas e hoje são felizes ao seu modo.  Acompanhar a transformação deles – de bichinhos carentes, assustados, com medo, em animais lindos e tranquilos – acaba nos transformando também, filha.  É bem bonito de se ver.

Enfim, essa é nossa família.  Sei que é muito diferente das tantas que encontramos por aí e que vc provavelmente será a única criança da sua classe com tantos bichos em casa.  Entretanto, torço, do fundo do coração, para que vc um dia possa amá-los tanto quanto eu.

Se tem uma coisa que eu gostaria de ensinar a vcs é o amor ao próximo, seja ele qual for.  Não importa se é branco, negro, rico, pobre, se fala, late, mia ou muge.  Amar e fazer o bem sempre, sem olhar a quem.

Acho que é isso.

Beijos com todo o amor do mundo.

Mamãe

12 pensamentos sobre “Para a Cecília

  1. Ai que lindo! Aí é sacanagem para com a gravida aqui. De gravida. Para gravida, vc quer que eu chore??? Heheheheh enchugando aqui as lágrimas e refletindo o que vc escreveu, com certeza uma das primeiras coisas que vc vai ensinar para suas filhas vai ser esse amor aos animais, esse prazer de ajudar sem distinção ou medo. E que ensinamento bonito viu? Com certeza os seus bichinhos vão ensinar muitas coisas belas a elas. Bjs e boa noite a toda a linda familia!!!

  2. Cecília, vc é uma menina de muita sorte!
    Vai chegar numa família linda, enorme e “múltipla” como tem que ser família e cheinha de amor!!!
    Vai chegar, aliás, pra completar ainda mais o conjunto de belezas!!!

  3. Paula, me emocionei muito, vc é uma pessoa maravilhosa, é uma pena não te conhecer tão bem, mas sou sua fã, e me sinto lisonjeada de apenas poder ler e acompanhar sua vida, tão linda e generosa. parabéns!

  4. ´Querida Cecilia, você realmente é uma menina de muita sorte. Além de tudo isso que sua mãe descreveu, seu nome é em homenagem a uma das melhores mais fantásticas que já existiram, sua bisavó. Acredite, embora você só vai poder ouvir a voz dela com o seu coração, é uma grande honra poder levar por toda sua vida esse nome. Seja muito feliz querida, porque amada você já desde já. Muitos beijos da tia Ciça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s