O pacotinho de açúcar mais amado do Brasil

Meu dia ontem começou com o telefone tocando às sete horas da manhã, com um pedido de ajuda para um gatinho atropelado, que acabou virando estrelinha. Passou por uma briguinha básica com a Vivo e terminou com meu avô, de 96 anos, caindo, quebrando o cotovelo, a mão e tendo que fazer cirurgia.

Como resultado, tive contrações indesejadas e um ultrassom morfológico #fail, sem imagem nenhuma, porque a Cecília estava agitadíssima e em “posição de defesa” (coração partido, com dó da minha filhota).

A boa notícia é que estamos ótimas, ultrapassamos a barreira das 24 semanas e do meio quilo, ou seja, Lily já é um bebê “viável”. Se nascer hoje, não será mais considerada um aborto (afe!) e poderá sobreviver, mediante cuidados intensivos.

Minha caçulinha está com 28 cm e 564 gramas de puro agito, fazendo baladas homéricas na barriga da mamãe e boicotando os paparazzi, que esperavam ansiosamente por uma imagem 3D.

Como não se pode querer tudo na vida, ao invés disso, conseguimos um close tabajara do nariz e outro da mão. É o que temos para hoje.

#lilybaladeira

#vemlilyvem

#amormaior

Imagem

2 pensamentos sobre “O pacotinho de açúcar mais amado do Brasil

Deixe uma resposta para Gabi Ramalho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s