O pacotinho de açúcar mais amado do Brasil

Meu dia ontem começou com o telefone tocando às sete horas da manhã, com um pedido de ajuda para um gatinho atropelado, que acabou virando estrelinha. Passou por uma briguinha básica com a Vivo e terminou com meu avô, de 96 anos, caindo, quebrando o cotovelo, a mão e tendo que fazer cirurgia.

Como resultado, tive contrações indesejadas e um ultrassom morfológico #fail, sem imagem nenhuma, porque a Cecília estava agitadíssima e em “posição de defesa” (coração partido, com dó da minha filhota).

A boa notícia é que estamos ótimas, ultrapassamos a barreira das 24 semanas e do meio quilo, ou seja, Lily já é um bebê “viável”. Se nascer hoje, não será mais considerada um aborto (afe!) e poderá sobreviver, mediante cuidados intensivos.

Minha caçulinha está com 28 cm e 564 gramas de puro agito, fazendo baladas homéricas na barriga da mamãe e boicotando os paparazzi, que esperavam ansiosamente por uma imagem 3D.

Como não se pode querer tudo na vida, ao invés disso, conseguimos um close tabajara do nariz e outro da mão. É o que temos para hoje.

#lilybaladeira

#vemlilyvem

#amormaior

Imagem

2 pensamentos sobre “O pacotinho de açúcar mais amado do Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s