Zé do Caroço

Sempre vejo o mesmo mendigo bêbado, andando sem rumo entre os carros, no caminho para o trabalho.

Passando pela rua hoje, não o vi.  Fiquei procurando até o farol abrir e nada.

Incomodada com a ausência, dei a volta no quarteirão e eis que me deparo com a seguinte cena:

Imagem

Não sei o que ele estava lendo, nem sei se bebeu ou deixará de beber hoje. Mas fiquei feliz por ele. Como se fosse um velho conhecido se recuperando, dando a volta por cima, caminhando para frente.

Posso estar completamente enganada e essa revolução toda ter acontecido só na minha cabeça.  Porém, minha segunda-feira começou com a esperança de um mundo melhor renovada.

#correntedobem

“(…) Seria eu um intelectual

Mas como não tive chance de ter estudado em colégio legal

Muitos me chamam pivete

Mas poucos me deram um apoio moral

Se eu pudesse eu não seria um problema social

(Problema Social – Seu Jorge)

6 pensamentos sobre “Zé do Caroço

  1. Pingback: Zé do Caroço – parte 2 | PAULAtinamente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s